Presidente da Amesne diz que não irá recorrer da decisão de Bandeira Vermelha para a Serra


Região da Serra, composta por 49 municípios, decidiu não recorrer da bandeira vermelha no mapa preliminar do distanciamento controlado. A informação é do presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), José Carlos Breda.

As restrições seguem ao menos até o dia 21 de dezembro. Segundo Breda, que é prefeito de Cotiporã, a medida a ser tomada no momento é o reforço das ações de combate à Covid-19 para que a região não alcance o patamar de risco altíssimo de contaminação do novo coronavírus na próxima divulgação de bandeiras: bandeira preta, que foi definida para Pelotas e Bagé. Breda alertou que, caso a população não faça sua parte, a Serra Gaúcha corre o risco de passar as festividades de final de ano nessa condição.

Essa é a primeira vez que a entidade que representa os municípios da região não contesta os resultados.

“A população não está entendendo a seriedade do problema que estamos enfrentando. Se todos continuarmos não dando bola para as regras de distanciamento, corremos o risco de ter que fechar tudo. Mais três leitos de UTI ocupados e vamos para a bandeira preta”, destaca Breda.

14 visualizações0 comentário

Publicidade:

© 2023 por "Conexão RS". Carlos Barbosa Rio Grande do Sul Brasil

Conexão_you_tube_novo_2020.png

Parceiros

Contatos Email: portalconexaors@bol.com.br Telefone e Watts: 054 981482118