top of page

Garibaldi Mulher é encontrada morta em boate no Bairro Alfândega


Mulher de 20 anos é encontrada morta no sábado, 26/12, em uma boate no bairro Alfândega. Ela era moradora de Canoas e estava desaparecida há mais de 10 dias. A Polícia Civil investiga o caso.


De acordo com a Polícia Civil, o corpo encontrado é de Gabriela Siqueira Goulart, de 20 anos. Ela vinha sendo procurada por familiares desde o dia 15 de dezembro, quando desapareceu na cidade de Canoas, onde morava. A jovem ainda tentou fazer contato com o irmão Jonatas Goulart via Whatsapp no dia 21 de dezembro. Na mensagem estava escrito: "Oi, me ajuda".


Após esta mensagem de socorro, Jonatas tentou contato com Gabriela, mas não obteve mais resposta. A Polícia Civil suspeita que a jovem tenha sido sequestrada e mantida em cárcere privado dentro da boate. O corpo estava em um quarto trancado do estabelecimento. A suspeita é de que a jovem tenha morrido há pelo menos três dias, pois o corpo já estava em decomposição.

Nessa segunda-feira, 28 o Delegado Titular da Delegacia de Polícia de Garibaldi, Clóvis Rodrigues de Souza, em entrevista para uma rádio da cidade comentou que são várias hipóteses da morte da jovem encontrada em um quarto de uma casa noturna. Segundo ele, o estabelecimento tem um sistema muito avançado de monitoramento de áudio e será peça importante na conclusão do caso. No relato, o Delegado chama atenção para o cenário em que a vítima foi encontrada, quarto trancado, corpo em decomposição e “achados” que serão analisados pela perícia.

668 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page