Barbosenses devem ficar atentos para ações preventivas ao combate do Aedes Aegypti

A Secretaria Municipal da Saúde, através do setor de Vigilância Ambiental do Município divulga os números do primeiro quadrimestre, do combate ao mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue, febre chikungunya e zika vírus. Para o primeiro quadrimestre de 2020, os números são alarmantes e mostram que os barbosenses relaxaram nas medidas de prevenção e combate ao Aedes Aegypti em suas casas. No mesmo período em 2019, haviam sido coletadas 332 amostras, sendo que destas, 26 foram positivas para o mosquito, já para este ano foram 117 amostras, com 41 positivas. Os Agentes de Saúde, encaminharam todas as amostras para o laboratório Regional em Caxias do Sul e as equipes seguem realizando as visitas em todas as residências do município, a fim de monitorar e orientar os moradores sobre os cuidados sobre a água parada. A Secretaria da Saúde, estudará ações para auxiliar na prevenção e combate ao Aedes Aegypti, porém pede para que a comunidade também fique atenta, no controle e vigilância dos ambientes domésticos é de grande importância para eliminarmos os focos do mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus.

Confira algumas dicas para ajudar a combater a proliferação do mosquito Aedes Aegypti: – Não deixar água parada ou nada que possa servir de proliferação do mosquito; – Guardar pneus sob abrigos ou cobertos; – Fechar caixas d’água, tonéis e latões; – Escovar bebedouros de animais; – Eliminar os pratos de plantas; – Manter desentupidos ralos, canos, toldos e marquises; – Tratar a água da piscina durante todo o ano; – Fechar bem sacos plásticos e manter as lixeiras fechadas. Mais informações entre em contato pelo fone 3461.8954 ou pelo whats da prefa 9 9927.1540.

1 visualização

Publicidade:

© 2023 por "Conexão RS". Carlos Barbosa Rio Grande do Sul Brasil

Conexão_you_tube_novo_2020.png

Parceiros

Contatos Email: portalconexaors@bol.com.br Telefone e Watts: 054 981482118