Ações de combate ao Aedes Aegypti seguem acontecendo em Carlos Barbosa



Em abril deste ano, Carlos Barbosa passou à condição de Município infestado pelo mosquito Aedes Aegypti, transmissor de graves doenças como dengue, a febre chikungunya e o zika vírus. Desta forma, diversas ações foram promovidas pelo Poder Público, no intuito de acabar com possíveis focos, como reuniões em bairros e escolas, nas quais foram apresentadas informações de prevenção, controle e sintomas de doenças transmitidas pelo mosquito. Além disso, edições do Bota Fora foram realizadas e as equipes da Secretaria Municipal da Saúde estão vistoriando todo perímetro urbano e rural.

Recentemente, em vistoria no cemitério localizado na rua Júlio de Castilhos e na comunidade de Arcoverde, foram encontrados inúmeros vasos, pratos (de vasos), potes e outros materiais com água parada. Conforme o Chefe de Serviços e Vigilância em Saúde e Vetores da Secretaria Municipal da Saúde, Paulo Rogério Poegere, com a chegada do verão, a situação encontrada nos cemitérios locais acaba preocupando muito, visto que através disso pode se criar o mosquito Aedes Aegypti. Por isso é importante a colaboração da comunidade no auxílio em fazer furos nos vasos para escoar a água, ou também, remover todos os materiais que não são utilizados.

Além disso, pequenas atitudes também podem auxiliar no combate ao mosquito, como guardar pneus sob abrigos ou cobertos, fechar caixas d'água, tonéis e latões, escovar bebedouros de animais, evitar o acúmulo de água nos pratos de plantas, enchendo-os com areia, manter desentupidos ralos, canos, toldos e marquises, tratar a água da piscina durante todo o ano, fechar bem sacos plásticos e manter a lixeira sempre fechada. Texto: Daiane Altíssimo Fotos: Divulgação

#CarlosBarbosa

1 visualização

Publicidade:

© 2023 por "Conexão RS". Carlos Barbosa Rio Grande do Sul Brasil

Conexão_you_tube_novo_2020.png

Parceiros

Contatos Email: portalconexaors@bol.com.br Telefone e Watts: 054 981482118