• Max Huber

Pressionado pelo MPF, Temer afasta quatro vice-presidentes da Caixa por 15 dias



O governo determinou nesta terça-feira, dia 16, o afastamento de quatro vice-presidentes da Caixa por 15 dias. A decisão foi anunciada oito dias depois que o governo não seguiu a recomendação do Ministério Público Federal para exonerar todos os 12 vice-presidentes do órgão.

Em nota, o Palácio do Planalto informou que dará o prazo para que os quatro afastados apresentem defesa das acusações de que são alvo. Mesmo assim, os membros do MPF colocam como data final para atendimento à recomendação o dia 26 de fevereiro.

Os afastados, Antônio Carlos Ferreira, Deusdina dos Reis Pereira, José Henrique Marques da Cruz e Roberto Derziê de Sant’Anna, são investigados na Operação Greenfield, que apura indícios da existência de um esquema de cooptação de testemunhas para que não contribuíssem com a apuração de supostas irregularidades envolvendo fundos de pensão.

De acordo com os procuradores responsáveis pela operação, o não cumprimento da recomendação do MPF pode acarretar ao presidente Michel Temer responsabilidade por “eventuais novos ilícitos” cometidos pelos gestores do banco.

O primeiro pedido de afastamento havia sido encaminhado a Temer no final do ano passado. Além das investigações em andamento, os procuradores citam a relação de alguns desses executivos com o ex-deputado Eduardo Cunha e o ex-ministro Geddel Vieira Lima, ambos presos por denúncias de corrupção.

Fonte:Portal Leouve.

#Brasil #ConexãoRS

0 visualização

© 2023 por "Conexão RS". Carlos Barbosa Rio Grande do Sul Brasil

Conexão_you_tube_novo_2020.png

Parceiros

Contatos Email: portalconexaors@bol.com.br Telefone e Watts: 054 981482118