Médico que negou atendimento por falta de pagamento é exonerado pela prefeitura



Após colocar um cartaz afirmando que só atenderia casos de urgência e emergência enquanto não tivesse seu salário regularizado pela Secretaria Municipal da Saúde, o clínico geral Pietro Felice Tomazini Nesello, que atendia na Unidade Básica de Saúde Fátima Baixo, em Caxias do Sul, foi exonerado pela prefeitura na manhã desta sexta-feira, dia 10. O cartaz foi colocado na quinta-feira.

No material fixado na entrada da UBS, o profissional afirmava que só voltaria ao trabalho de forma integral quando as pendências fossem regularizadas. A Secretaria Municipal de Saúde confirma que houve um erro na emissão da folha de pagamento do médico. Ele recebeu apenas parte do salário e um benefício destinado aos profissionais que atendem pelo programa de Estratégia Saúde da Família não foi depositado.

A secretaria, no entanto, diz que estava trabalhando na regularização da situação e que a negativa nos atendimentos motivou a demissão. Pietro Felice Tomazini Nesello trabalhava na UBS Fátima Baixo desde outubro por meio de contrato temporário.

Um novo profissional será contratado para atuar no local. A expectativa da Secretaria da Saúde é de que na semana que vem um novo clínico geral já esteja atendendo na UBS. Como a situação é urgente, esse novo profissional será contratado por meio de Recibo de Pagamento Autônomo.

Fonte:Portal Leouve.

#CaxiasdoSul #ConexãoRS #ConexãoRSTV

12 visualizações

Publicidade:

© 2023 por "Conexão RS". Carlos Barbosa Rio Grande do Sul Brasil

Conexão_you_tube_novo_2020.png

Parceiros

Contatos Email: portalconexaors@bol.com.br Telefone e Watts: 054 981482118