Município presta homenagem à Liga Feminina de Combate ao Câncer


A Liga Feminina de Combate ao Câncer de Garibaldi atua no município há 15 anos com ações voltadas ao amparo de pessoas com câncer e desenvolvendo atividades de prevenção junto à comunidade. Na última sexta-feira, dia 22 de setembro, a entidade promoveu seu terceiro jantar beneficente. O evento que reuniu cerca de 400 pessoas, no Centro de Eventos Famiglia Giovanaz, foi marcado por comemorações e homenagens, e ainda, a animação do pianista e cantor Rodrigo Soltton.

A Liga Feminina de Combate ao Câncer de Garibaldi ajuda a suprir o déficit material, concede carinho e atenção aos pacientes que sofrem de câncer, além de esclarecer aos doentes os benefícios que lhe são assegurados por lei. As ações da Liga se tornam possíveis a partir das doações da comunidade e com a comercialização de produtos próprios confeccionados na entidade por meio de trabalho voluntário.

A Liga Feminina de Combate ao Câncer é uma entidade civil de utilidade pública municipal, sem fins lucrativos. Como forma de reconhecimento a este trabalho e em nome da comunidade garibaldense, o prefeito Antonio Cettolin prestou uma homenagem a entidade, através da entrega de uma placa com os seguintes dizeres:

O município de Garibaldi presta sua homenagem à Liga Feminina de Combate ao Câncer de Garibaldi, que completa 15 anos de criação neste ano. Reconhecemos a importância desta entidade que, através do voluntariado, busca auxiliar doentes portadores de câncer, amenizando o sofrimento, oferecendo informação, carinho, atenção e materiais para o tratamento, além de promover campanhas educativas visando à prevenção e diagnóstico precoce de tumores malignos. Votos de muito sucesso à Liga, que é motivo para termos ainda mais orgulho de viver aqui.

Para atingir todos os objetivos a que se propõe, a entidade se estrutura por meio de núcleos, como o Grupo de Visitadoras, setor de Artesanato, Liga Comunica, núcleo do Projeto Respirar, além do Grupo de Apoiadoras e o atendimento aos pacientes sempre às quartas-feiras.

Entre as novidades deste ano, dois novos grupos surgiram e hoje fazem parte da entidade: o Vocal da Liga, composto por pacientes e voluntárias que buscam na música um motivo para se encontrarem e promoverem o seu bem estar através do canto. O outro núcleo criado recentemente é a Liga Jovem, que integra 15 jovens com o objetivo de despertar o interesse pelo voluntariado e promover ações sociais e educativas.

A entidade convida a comunidade para participar de uma celebração religiosa pela saúde da mama a ser realizada no próximo domingo, dia 1º de outubro, na Igreja Matriz São Pedro de Garibaldi.

Como ajudar

Além dos eventos, promoções e doações, com objetivo de arrecadar fundos, a Liga conta com uma série de produtos confeccionados pelo núcleo de artesanato da entidade e também oferece outros itens que surgem como alternativa para completar a sua renda mensal, como camisetas, sombrinhas, toalhas, entre outros artigos.